quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Deputados do PS questionaram o governo sobre requalificação da escola Grão Vasco

«Ex. ma Sr.ª Presidente da Assembleia da República
A escola 2,3 Grão Vasco, de Viseu, com 964 alunos no corrente ano lectivo, tem estado, nos últimos meses, na ordem do dia, por boas e por más razões. As boas apontam a escola como uma das que obteve melhor avaliação a nível nacional, que importa realçar, pois é o resultado do grande envolvimento da direcção e de todos os profissionais que ali desempenham as suas funções e de uma excelente interacção entre todos os actores. Por exemplo, a escola Grão Vasco, obteve resultados superiores, aos da média nacional, em todas as provas de avaliação externa realizadas em 2010/11 (provas aferidas e exames nacionais de 9º ano), tem sido convidada por variadas entidades, nomeadamente DGIDC e CNE, para apresentação das boas práticas na integração de alunos com necessidades educativas especiais e alunos estrangeiros e no ano lectivo transacto foi a instituição do centro do país escolhida para acolher a iniciativa "o SEF vai à escola".
As más razões têm a ver com a elevada degradação que as suas instalações apresentam e a falta de acessibilidades interiores, sobretudo, porque essas condições sempre afectam a qualidade do processo de ensino aprendizagem, pese embora todo o esforço efectuado pelos profissionais envolvidos.
Quer os pais, através dos seus órgãos próprios, quer a direcção fizeram no último ano lectivo diversas diligências no sentido de ser encontrada uma solução para este problema que, inclusivamente, passou por uma reunião entre a direcção da escola e o anterior governo que, ao reunir com os responsáveis da escola e deputados socialistas, compreendeu bem a necessidade e urgência das obras de recuperação e renovação. Os parlamentares visitaram as instalações e fizeram um levantamento exaustivo das diferentes situações recorrendo mesmo à recolha de imagens.
Porém, como se sabe, o anterior governo foi derrubado por uma aliança parlamentar negativa que culminou com eleições legislativas e a formação de um novo governo PSD/CDS de maioria absoluta.
Não podendo, portanto, realizar em 18 meses um compromisso para 4 anos, e aguardando com forte expectativa a decisão daqueles que são agora governo e outrora oposição, tendo em conta a proliferação de inúmeras declarações enfáticas que nesse sentido realizaram, nomeadamente os actuais ministro e secretários de estado, respetivamente, Paulo Portas, Almeida Henriques, José Cesário, os deputados subscritores perguntam ao governo através do ministério da educação e ciência:
1. Qual a metodologia e o cronograma que o Governo tem para a resolução urgente deste grave problema que afecta a escola 2,3 Grão Vasco, de Viseu.
Palácio de São Bento, quarta-feira, 21 de Setembro de 2011
Deputado(a)s
ACÁCIO PINTO(PS)
JOSÉ JUNQUEIRO(PS)
ELZA PAIS(PS)»

Sem comentários:

Enviar um comentário