segunda-feira, 12 de julho de 2010

VII Feira Medieval de Mões (C. Daire)

Na tarde do dia 11 de Julho desloquei-me a Mões, para visitar a sétima edição da Feira Medieval local, a convite do Presidente da Junta de Freguesia, Jorge Soares.
Esta excelente iniciativa que foi promovida pela Sociedade Filarmónica de Mões, com o apoio da Câmara Municipal de Castro Daire e da Junta de Freguesia de Mões, fez afluir à vila de Mões, mais uma vez, milhares de pessoas oriundas de toda a região.
Num contexto magnífico de ruas estreitas, casas de granito e barracas a imitar os tempos medievos, pude, e puderam todos quantos ali se deslocaram, sentir o tempo a recuar. Por ali confraternizei com os nobres, com o clero, com os ilusionistas, com os encantadores de serpentes, com os mendigos, com os cavaleiros e sobretudo com o povo, sempre afável e bem disposto.
Para além desses contactos enriquecedores fui, igualmente, desafiado a apreciar uma sangria fresca em copo de barro grosso e uma cerveja gelada acompanhada de pão e chouriço picante. Para já não falar da ginginha.
Diga-se, aliás, que este foi um bom desafio numa tarde de domingo bem aquecida pelo sol que, naquele tempo, teimosamente, obrigavam a girar à volta da terra. Que o diga Galileu!
Ali estive com o Presidente da Câmara de Castro Daire, Fernando Carneiro, e Vereadores, com o Presidente da Junta de Freguesia, Jorge Soares, e com tantos outros amigos.
Um agradecimento a todos e os parabéns à iniciativa.

1 comentário:

  1. Foi com enorme satisfação que registamos a presença do Sr. deputado da Assembleia da República na Vila De Mões. A proximidade dos eleitos junto dos seus eleitores, dignifica a democracia.
    Manuel Rocha. (rochavilaboa)

    ResponderEliminar