domingo, 16 de agosto de 2015

Não há nenhum Pontal que desminta: Um gráfico vale por mil palavras!

Depois de ler as notícias sobre as intervenções dos líderes da coligação de direita no Pontal, neste 15 de agosto, fui à procura e retirei este gráfico do insuspeito jornal "Correio da Manhã" publicado a 19 de julho. E por mais palavras que se digam, por mais comentários que se façam ele não engana... Não adianta falar em décimas de crescimento do PIB, em exportações... seja lá no que for...
O que é facto é que em 31 de maio de 2011 a dívida portuguesa era de 164 mil milhões de euros e quatro anos volvidos, com aumento de impostos, cortes nos salários e nas pensões... a dívida agora, em 31 de maio de 2015, é de 224 mil milhões de euros... E isto não é percentagem, não são coisas abstratas, são coisas concretas, valores absolutos.
Era isto que Portas e Passos deveriam ter explicado no Pontal, neste dia 15 de agosto e não o fizeram. Foram falar de uma ficção, ou seja de um país que só existe nas suas cabeças.
Afinal tanto sucesso apregoado, mas lá que estamos muito, mas mesmo muito mais pobres, lá isso estamos!!!

Sem comentários:

Enviar um comentário