quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Afinal, para quando a autoestrada Viseu-Coimbra?


Os deputados do PS eleitos por Viseu, Acácio Pinto, José Junqueiro e Elza Pais, entregaram na Assembleia da República uma pergunta ao Ministro da Economia e do Emprego, o viseense Álvaro Santos Pereira que se transcreve:
«Ex.ma Senhora Presidente da Assembleia da República:
Não há dúvida de que a autoestrada Viseu-Coimbra será um dos fatores mais relevantes para alavancar um novo ciclo de desenvolvimento do distrito de Viseu e que se constituirá como um elemento central numa estratégia de reforço da coesão territorial de toda a região.
A acrescer, há o facto de o IP3 ser uma via perigosa, com elevada sinistralidade, com diversos condicionamentos de tráfego e que, portanto, não dá resposta eficaz às necessidades dos fluxos económicos e sociais da região, o que acaba por aumentar os custos de contexto.
Tendo por base estes dados, que exigiam uma decisão célere, o governo anterior, do PS, iniciou os procedimentos e lançou mesmo concursos - sempre debaixo de grande ruído político da oposição que exigia a sua suspensão - com vista à execução desta ligação. Esses concursos tiveram, porém, diversos problemas administrativos, culminando com o seu cancelamento, através da constituição de uma comissão de avaliação independente, exigida pelo PSD e negociada com o governo.
Eis que, entretanto, entra em funções, em junho de 2011, um novo governo, este de maioria PSD/CDS, que se espera esteja já completamente esclarecido quanto às virtualidades desta via, porquanto tem vindo a produzir diversas declarações de que “a autoestrada Viseu-Coimbra está no topo das prioridades”.
Importa, pois, no contexto das declarações dos governantes sobre esta prioridade, supracitadas, e tendo por base o anúncio, recente, por parte do governo de investimentos de vulto para as acessibilidades rodoviárias e ferroviárias, questionar o Ministro da Economia e do Emprego sobre esta matéria em concreto, o que os deputados do PS, signatários, vêm fazer através de Vossa Excelência:
1. A ligação de Viseu a Coimbra, dando sequência a sul à A24 e à A25, constitui de facto um investimento prioritário para o governo?
2. Em caso afirmativo:
2.1. Quais os estudos desenvolvidos pelo governo com o objetivo de concretizar esta obra?
2.2. Qual o cronograma para a execução da autoestrada Viseu-Coimbra?
Palácio de S.Bento, 2013.02.13
ACÁCIO PINTO
JOSÉ JUNQUEIRO
ELZA PAIS»

Sem comentários:

Enviar um comentário