sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

PS: Nota à comunicação social sobre CNO


«A ANQEP (agência nacional para a qualificação e o ensino profissional) veio através de comunicado dar corpo, mais uma vez, à deriva preconceituosa do governo contra os CNO (centros novas oportunidades), sem nunca ter conseguido sustentar esta sua atuação em bases sólidas e insuspeitas.
Depois de os começar a encerrar no final de 2011, retirou-lhes o financiamento em 2012 e foi alterando, sem qualquer critério e estratégia, a data da sua extinção.
Primeiro as candidaturas eram até agosto de 2012, depois até dezembro e agora, pasme-se, até 31 de março de 2013 para os CNO com condições de autofinanciamento.
Mas como é possível tal? Então como é que uma candidatura de oito meses, pode prosseguir para doze e agora para quinze meses?
Enfim, um guião de mau nível contra todos aqueles que ao longo dos últimos anos trabalharam em prol da educação e da formação de adultos.
Estas decisões da ANQEP e do governo são bem reveladoras do incumprimento das mais elementares regras de relacionamento entre as instituições e do desrespeito pelos profissionais que prestavam e prestam funções nos CNO, muitos deles já no desemprego, e desrespeito para com o esforço de qualificação de centenas de milhares de portugueses ao longo dos anos de funcionamento do programa novas oportunidades.
O PS não pode calar a sua indignação perante este comportamento inaudito do governo e perante estas tergiversações sem fim, reveladoras de uma incompetência técnica e política sem paralelo.»
GPPS
2013.01.03

Sem comentários:

Enviar um comentário