quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Quando acaba o Carnaval?

Espero que, com o fim do Carnaval, muitas das máscaras que têm enxameado o país político possam, finalmente, cair.
Como é possível estarmos permanentemente a ser confrontados com difamações, suspeições, mentiras e até crimes, com fins ilegítimos, sem que os verdadeiros rostos do ataque tirem a máscara? Não dêem a cara?
Mas será possível afirmar-se que não temos liberdade de expressão quando todos dizem e escrevem o que pensam (!?) sem qualquer tipo de problema?
Mas será possível afirmar-se que Portugal só é um estado de direito formal atacando-se a partir daí o Governo e o Primeiro-Ministro como culpados de tal, quando são precisamente eles os alvos dos ataques, sustentados em violações de segredos de justiça (crimes, portanto) e em pretensas conversas do foro estritamente privado e nulas?
A máscara mais cedo ou mais tarde vai cair. Cá estaremos para ver.

Sem comentários:

Enviar um comentário