segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

10 milhões para projetos de turismo no interior | Estão abertas as candidaturas, até 31 de dezembro

Notícia DÃO E DEMO
Abriram as candidaturas à linha de apoio à valorização turística do interior, destinada a apoiar a operacionalização de projetos turísticos previstos no Programa Nacional para a Coesão Territorial lançado pelo Governo, programa este aprovado no Conselho de Ministros de 20 de outubro. Este programa, como se sabe, foi desenvolvido pela Unidade de Missão para a Valorização do Interior com a finalidade de tornar o território do interior mais coeso, competitivo, sustentável, conectado e colaborativo.
O despacho que operacionaliza este processo foi publicado no Diário da República de 30 de dezembro de 2016, assinado pela secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho. O montante previsto é de 10 milhões de euros para iniciativas públicas e privadas que promovam a valorização do património e dos recursos endógenos das regiões do interior, que diversifiquem a oferta turística, nomeadamente de cycling & walking, turismo de natureza, turismo equestre, revitalização das termas e dinamização turística das aldeias.
Os montantes máximos de apoio para as empresas é de 150 mil euros, enquanto que para as entidades públicas e privadas sem fins lucrativos esse montante ascende até aos 400 mil euros. Isto mesmo se pode ler no despacho que refere “os apoios financeiros ascendem a 90% do valor das despesas elegíveis dos projetos, com o limite máximo de 150.000,00 euros no caso das empresas, e de 400.000,00 euros no caso das demais entidades, incluindo as de natureza privada sem fins lucrativos".
As candidaturas estão abertas até 31 de dezembro de 2017.
Foto: Quinta Chave Grande

Sem comentários:

Enviar um comentário