domingo, 27 de novembro de 2016

Queijo à chef: A arte andou à solta na Casa da Ínsua

Notícia DÃO E DEMO
A arte andou à solta na Casa da Ínsua, em Penalva do Castelo. Falamos da arte de bem cozinhar queijo Serra da Estrela, por chefes de cozinha consagrados. Da arte de bem servir, em pratos Vista Alegre. Da arte de bem aconselhar os vinhos do Dão para acompanhar os pratos em degustação. Da arte de bem organizar um evento de referência na promoção de produtos da nossa região. Da arte de bem receber, tão característica dos penalvenses.
Tratou-se de mais uma organização do evento “Queijo Serra da Estrela à Chef”, uma iniciativa da CIM Viseu Dão Lafões, em parceria com a Câmara de Penalva do Castelo e com a Visabeira e que contou com o apoio do Crédito Agrícola do Vale do Dão e do Alto Vouga e que se realizou neste sábado, dia 26 de novembro.
Os sabores foram os mais diversificados, sempre com a presença do queijo Serra da Estrela. Um “amuse-bouche” proposto pelo chef Paulo Cardoso, a abrir, composto por um dueto de maçã e presunto em esfera, areia de azeitona e queijo Serra da Estrela Casa da Ínsua; uma entrada proposta pelo chef Vítor Matos (Estrela Michelin), composta por ravioli queijo Serra da Estrela com manteiga das marinhas e salva, trombetas da morte, folhas de capuchinha e flores; uma sopa proposta pelo chef Fernando Agrasar (Estrela Michelin), composta de peixe assado com nhoques de queijo Serra da Estrela; um marisco proposto pelo chef Rui Silvestre (Estrela Michelin) composta de ostra do moinho dos Ilhéus, agrião e queijo Serra da Estrela; um prato de peixe proposto pela chef Marlene Vieira, composto de bacalhau frito, consommé de cebola, couve de bruxelas e soufflé com queijo Serra da Estrela; um prato de carne proposto pelo chef André Silva (Estrela Michelin) composto por vitela com queijo Serra da Estrela, raiz de cerefólio, alcachofras, foi egras e cogumelos; uma sobremesa proposta pelo chef Luca Arguelles, composta por finger de alperce, queijo Serra da Estrela e sopa de eucalipto; e um petit four igualmente proposto pelo Luca Arguelles, composto de mini tarte de castanhas, queijo Serra da Estrela e aguardente velha.
Para acompanhar esta diversidade de sabores e saberes só um excelente sommelier, Sérgio Pereira, para ir caso a caso sugerindo os vinhos que poderiam acompanhar cada um dos pratos.
Os brancos eram da Casa da Ínsua, Vinícola de Nelas, Adega Cooperativa de Penalva do Castelo, Julia Kemper, Quinta dos Monteirinhos, Quinta dos Carvalhais, Quinta do Serrado, Quinta do Perdigão, Pedra Cancela e Casa Mouraz.
Os tintos eram da Casa da Ínsua, Quinta da Falorca, Adega Cooperativa de Penalva do Castelo, Soito Wines, CM Wines, Adega da Corga, Quinta do Serrado, Morgado de Silgueiros, Adega Cooperativa de Mangualde, Quinta da Fata, Julia Kemper, Quinta de Lemos, Quinta dos Carvalhais, Cabriz, Casa Mouraz e Casa de Santar.
A encerrar intervieram os presidentes da Câmara Municipal de Penalva do Castelo, Francisco Carvalho e da CIM Viseu Dão Lafões, José Morgado.

Sem comentários:

Enviar um comentário