segunda-feira, 25 de abril de 2016

Livro ‘Silêncios rasgados’, de Lurdes Maravilha, foi apresentado na FNAC, em Viseu

“Silêncios rasgados” a mais recente obra de Lurdes Maravilha foi apresentada este domingo, dia 24 de abril, na FNAC, em Viseu, numa sessão diversificada, que juntou às palavras do livro e às palavras dos convidados, excelentes trechos musicais, interpretados por Marta Pereira, adequados à época, 25 de abril, e ao tema do livro, guerra colonial.
Intervieram, na apresentação da obra, Acácio Pinto, professor e diretor do jornal Dão e Demo, José Tomás, presidente do núcleo de Viseu da Liga dos Combatentes, João Gonçalves, presidente da ADFA, João Miguel Almeida e finalmente a autora, Lurdes Maravilha.
Presente na mesa esteve também, Ângelo Almeida, ele que concebeu toda a paginação e design gráfico do livro.
Entre o público que esteve na FNAC de destacar a presença de autarcas de Castro Daire, concelho onde se centra a obra e de onde são originárias as vozes que dão testemunho desses tempos de guerra em que Portugal esteve envolvido entre 1961 e 1974, na Guiné, em Angola e em Moçambique.
“Mais do que documento histórico relevante para caracterizar uma época, este livro é também memória e homenagem a todos quantos combateram nesse conflito em África”, nas palavras unânimes dos elementos que intervieram.
Fotos: Isabel Nunes




Sem comentários:

Enviar um comentário