segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Penalva do Castelo: Ministra da Presidência garante que UE vai continuar a autorizar o uso do cardo

Notícia DÃO E DEMO
No ano em que se assinalam as bodas de prata da feira do pastor e do queijo, mais uma vez o queijo concitou sobre si todas as atenções em Penalva do Castelo e, a avaliar pelas opiniões positivas colhidas durante a prova do mesmo, a qualidade perdura.
A ajudar a esta qualidade para além do leite cru das ovelhas bordaleiras e das pastagens, está a utilização do cardo, coagulante vegetal natural, no seu fabrico, cuja utilização na feira do ano anterior estava em causa devida a uma diretiva comunitária, mas que este ano a ministra da Presidência, Maria Manuel Leitão Marques, que esteve presente no certame, não deixou dúvidas e disse que a "Comissão Europeia iria continuar a autorizar o cardo" no fabrico do queijo.
Francisco Carvalho, presidente da Câmara Municipal de Penalva do Castelo, a promotora deste evento, da “Feira do Pastor e do Queijo”, congratulou-se com mais uma iniciativa da autarquia e salientou o facto de este “ser o principal evento de Penalva do Castelo”, realçando que “todos os executivos que passaram pela Câmara deram a maior importância a este evento”, enfatizando ainda o trabalho empenhado dos pastores e dos produtores de queijo do concelho.
Para além do queijo outros produtos genuínos do concelho puderam ser comercializados, com destaque para o vinho, maçãs, pão, bolos, fumeiro e artesanato.

A animação do certame esteve por conta de diversos grupos locais e do artista Augusto Canário & amigos, encarregando-se a TVI, através do programa “Somos Portugal”, de levar em direto este evento aos quatro cantos do mundo, onde as comunidades penalvenses não perderam pitada desta feira da sua terra.

Sem comentários:

Enviar um comentário