sábado, 5 de dezembro de 2015

Tinto no Branco: Viegas, Fajardo e Carvalho falaram de autores e de “colheitas” de livros

Notícia: DÃO E DEMO
Em torno do mote de Aquilino Ribeiro, “O pior dos crimes é produzir vinho mau, engarrafá-lo e servi-lo aos amigos”, a conversa em torno da literatura e dos livros, descontraída mas agradável, com o público atento, desenrolou-se por mais de uma hora numa sala acolhedora, mas pequena para tantos interessados, que na primeira noite dos vinhos de inverno, dia 4 de dezembro, se deslocaram ao Solar do vinho do Dão, em Viseu.
Manuel Carvalho, José Manuel Fajardo e Francisco José Viegas, os autores convidados da primeira noite, falaram das suas experiências de escrita, das suas leituras e das suas ligações ao jornalismo e aos livros. Aliás, a diferença entre a escrita jornalística e a literária dominou grande parte do debate. A jornalística fiel aos factos e a segunda, a escrita literária, essa, com liberdade criativa...
Continuar a ler em: DÃO E DEMO

Sem comentários:

Enviar um comentário