terça-feira, 27 de outubro de 2015

DÃO E DEMO: o seu diário digital | todos os dias nas bancas digitais

DÃO E DEMO é um projeto editorial que está nas bancas digitais a partir de 23 de outubro, primeiro dia em que saí da Assembleia da República e que pode ser consultado em http://www.daoedemo.pt/.
É um projeto plural, de liberdade, de valores humanistas, de afirmação e de defesa do interior, que decidi criar, vocacionado para a região, para as terras do Dão e para as terras do Demo.
Com um estatuto editorial assente nos valores do jornalismo, no respeito pela liberdade de opinião e pelo contraditório.
O seu cerne noticioso e opinativo será sobre a região, sem prescindir de trazer à tona questões nacionais e internacionais.
Conto com todos para a afirmação deste seu diário digital!
Faça-nos uma visita em DÃO E DEMO e coloque-nos nos seus favoritos a visitar todos os dias!

Aqui deixo o primeiro editoral:

«EDITORIAL – “Dão e demo”: ao serviço de um território!

“Dão e Demo”, de seu nome, aí está a partir de hoje. Aí está como um órgão de comunicação social, em suporte digital, para servir uma comunidade e um território, no cumprimento escrupuloso do seu ESTATUTO EDITORIAL.
Aí está para servir o Dão e para servir o Demo.
Para ser um agente de desenvolvimento nestes dois territórios, ou melhor ainda, nesta una e vasta região, de idiossincrasias várias, que queremos que nos continue a brindar e a bafejar com as suas dádivas de terra e água, de pão e vinho.
Dão e Demo aí está para ser uma voz em defesa destas gentes e destas terras, dos municípios e das freguesias, deste interior, que tantas vezes os poderes instituídos, centralistas e surdos, fazem gala em esquecer; para ser uma voz crítica e grossa quando tiver que ser.
Dão e Demo aí está para ser mais um elemento que possa ajudar a economia e as empresas, a educação e a cultura, o património e o ambiente, a fortalecerem-se na sua diversidade e a reforçarem as suas identidades.
Dão e Demo aí está para ser um amplificador das inúmeras coisas boas que aqui acontecem e que aqui queremos que continuem a acontecer, sejam exposições ou conferências, sejam festas ou sejam feiras.
É que a comunicação social, nas suas dimensões mais tradicionais, ou nas novas dimensões que o digital e a internet proporcionam, como é o caso, tem que continuar fiel aos seus objetivos de sempre: comunicar, informar, divulgar, promover, formar, debater, afinal ser um veículo de interação entre os homens e as mulheres de uma comunidade ou de um território.
Aqui estaremos, portanto, nestas terras fortes e fartas, nestas terras mais suculentas ou mais agrestes, nestas terras de águas cristalinas e de vinho abençoado, para cumprirmos o desiderato que nos impusemos e para servirmos, em conjunto, o objetivo que a todos nos move: desenvolver a nossa terra.
Para isso contamos com todos em cada dia que passa, para melhorarmos e crescermos em conjunto e tornarmos mais forte este Dão e Demo, este vosso diário digital.
Usufruam-no, em qualquer local e a qualquer hora, de preferência com um brinde de Dão ou de Demo, ou se quiserem com um brinde à nossa terra.
A nossa certeza, que sei ser também a vossa, é a mesma de Aquilino: “alcança quem não cansa”!»

Sem comentários:

Enviar um comentário