quinta-feira, 2 de julho de 2015

Duas grandes estruturas sediadas no concelho de Viseu: Museu Nacional Grão Vasco e UCC "ACREDITA"

Estive presente no dia 30 de junho em dois atos públicos que aconteceram no concelho de Viseu e que contaram com a presença do primeiro ministro, de vários membros do governo e de autarcas.
O primeiro aconteceu no Museu Nacional Grão Vasco, recentemente elevado a essa categoria na sequência de diversas iniciativas institucionais, várias das quais tomadas na Assembleia da República pelos deputados do PS (AQUI e AQUI) e, modéstia à parte, foi na sequência do PJR 1264/XII que tudo se despoletou com declarações diversas e imediatas de que o museu iria ter o estatuto nacional. Mas não quero ir por aí, o que me importa enfatizar é que o Museu Grão Vasco, que no próximo ano celebra o seu centenário, passou a ter o estatuto de museu nacional, conforme reza o diário da república e uma placa agora descerrada pelo primeiro ministro à entrada do museu, a que se seguiu uma visita ao museu dirigida pelo seu diretor, Agostinho Ribeiro.
O segundo ato público em que participei, a convite do presidente da instituição, Aníbal Pinhel, foi o da inauguração da unidade de cuidados continuados de média duração e reabilitação da IPSS "Acredita", situada em Travassós de Baixo, cuja direção clínica é de Alexandre Ribeiro, direção técnica de Katy Aguiar e o enfermeiro coordenador é Francisco Almeida.
Se o primeiro ato público muito significou para mim pelo epílogo de uma causa que mereceu da minha parte uma participação cívica e política ativa na Assembleia da República, já o segundo representa a vontade de uma associação e representa a tradução no terreno de políticas que os governos do PS desenvolveram e que agora se consumam na inauguração de um equipamento de grande qualidade.
Entre os muitos e muitos presentes quero destacar os vereadores da câmara de Viseu, João Paulo Rebelo e Andreia Coelho e a presidente da concelhia de Viseu e deputada municipal, Adelaide Modesto.

Sem comentários:

Enviar um comentário