quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

LUSA: Deputados do PS questionam governo sobre variante entre Sátão e Viseu

Diário de Viseu 25 fevereiro 2015
LUSA 24.02.2015 - «Deputados do PS anunciaram hoje ter questionado o Governo sobre a construção da variante entre Viseu e Sátão, que seria uma alternativa à Estrada Nacional (EN) 229, por terem recebido uma resposta que consideram não ser esclarecedora.
Na pergunta, Acácio Pinto, José Junqueiro e Elza Pais referem que “o respeito institucional impõe aos membros do Governo respostas aos deputados claras e objetivas e com o máximo nível de detalhe que for possível”, dadas no prazo de 30 dias.
Os três deputados eleitos por Viseu contam que, em setembro de 2014, questionaram o Governo sobre esta variante, tendo a resposta chegado cinco meses depois.
“As perguntas contidas no requerimento eram claras e objetivas e referiam-se à variante à EN 229 entre Sátão e Viseu, portanto a uma via nova, de raiz, cujo processo se iniciou em junho de 2011”, tendo Declaração de Impacto Ambiental datada de fevereiro de 2012, referem.
No entanto, a resposta que receberam agora do Ministério da Economia indica apenas que o “Plano de Proximidade da Estradas de Portugal contempla a intervenção no eixo ‘EN 229 - Sátão/Viseu – eliminação de constrangimentos em zonas industriais'” e refere o sítio da Internet onde podem ser consultados os planos de proximidade.
Por isso, os deputados decidiram colocar nova pergunta “sobre a variante à EN 229 – Sátão/Viseu (construção de nova via)” e não sobre a “EN 229 - Sátão/Viseu – eliminação de constrangimentos em zonas industriais”, que tem a tipologia de “grande reparação”, segundo o Plano de Proximidade da Estradas de Portugal.
“Qual o cronograma para a construção da variante à EN 229 – Sátão/Viseu (nova via)? Quais os montantes financeiros envolvidos nesta obra?”, interrogam os socialistas.
Acácio Pinto, José Junqueiro e Elza Pais querem ainda esclarecer se “o projeto ‘EN 229 - Sátão/Viseu – eliminação de constrangimentos em zonas industriais’, que consta no Plano de Proximidade com uma dotação de 3.000.000 e com a tipologia grande reparação, é para o Governo a mesma coisa que variante à EN 229 – Sátão/Viseu (nova via)”.
Em caso de resposta negativa, questionam “a que projeto concreto se refere ‘EN 229 - Sátão/Viseu – Eliminação de constrangimentos em zonas industriais’”.
AMF // SSS»

Sem comentários:

Enviar um comentário