domingo, 25 de janeiro de 2015

Fátima Ferreira apresentou, no museu Grão Vasco, o seu livro, "Estilhaços"

No dia 24 ao final da tarde na sala da pintura naturalista, do museu Grão Vasco, completamente cheia, decorreu a apresentação do livro "Estilhaços", publicado pelas Edições Esgotadas e da autoria de Fátima Ferreira.
Intervieram o diretor do museu, Agostinho Ribeiro, que a todos saudou, deixando algumas notas sobre a abertura do museu a eventos de cariz cultural e ainda se debruçou sobre a relevância da temática do livro, a violência doméstica, tema que foi prosseguido pela Teresa Adão, das Edições Esgotadas, e que, para além disso, deu nota do privilégio em ter editado este livro. Já a apresentação do livro, em concreto, esteve por conta de César Alexandre Afonso, psicólogo e escritor, e finalmente foi o momento para a autora, com palavras emocionadas deixar palavras de grande alcance sobre as questões da violência doméstica, encerrando com o questionamento da liberdade no nosso país.
No final, num período aberto a intervenções dos presentes, a professora Guilhermina Cabral, intemporal amiga da autora, fez uma intervenção brilhante e de elevada densidade sobre a Fátima Ferreira e sobre o livro. Também intervieram neste fase a deputada Elza Pais, especialista na área da violência doméstica, e Fernando Paulo Baptista, sobre as questões da opção ortográfica desta edição e essencialmente pelo facto de ter sido seu professor nos anos setenta do século passado.
De destacar ainda, durante a apresentação, a magnífica leitura de textos do livro por duas pessoas presentes no público, que em muito qualificaram este evento.
Lá estive, como tantas e tantos outros, de que destaco o deputado José Junqueiro, a convite da autora.
Parabéns à Fátima Ferreira.

Sem comentários:

Enviar um comentário