quinta-feira, 9 de outubro de 2014

COSTA FAZ DISPARAR PS PARA 40,2%

Foto: CM jornal
Transcrevo do CORREIO DA MANHÃ a notícia que se segue:

COSTA FAZ DISPARAR PS PARA 40,2%
Socialistas sobem cerca de nove pontos percentuais após eleições primárias.
Por Cristina Rita
São os primeiros efeitos do resultado das primárias do Partido Socialista (PS). Se as eleições fossem hoje, os socialistas venciam as legislativas com 40,2%, um valor superior à soma de votos do PSD e do CDS: 33,5%, segundo uma sondagem CM/Aximage realizada entre 1 e 4 de outubro.
O autarca de Lisboa, António Costa, que é o candidato a primeiro-ministro e futuro secretário-geral do PS, também bate o chefe de Governo, Passos Coelho (PSD), na confiança para liderar o Executivo. O atual primeiro-ministro obtém 31,1% das preferências, contra António Costa, que merece 56,2%. A distância entre ambos supera os 25 pontos percentuais a favor do socialista.
Pela primeira vez em 12 meses, o secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, é destronado do primeiro lugar na avaliação de líderes partidários. Costa ainda não é o secretário-geral socialista, mas já merece 13 valores. E o líder do PCP, a quem o autarca tem feito apelos de diálogo, perde pontos, baixando a nota para um ‘suficiente menos’ (9,7).
Passos Coelho ocupa o fundo da tabela, com 5,4 valores, e Paulo Portas, líder do CDS, não merece um resultado melhor do que seis valores. Notas negativas, apesar de tanto o PSD como o CDS não terem caído a pique nas intenções de voto entre setembro e outubro. Os sociais- -democratas perderam pouco mais de um ponto percentual. Porém, o CDS teve uma queda maior: 2,3 por cento.

À esquerda, o PCP perdeu terreno, passando de 11,9 para 9,2%, o BE recuperou dois pontos percentuais (7,7%), e o PS cresceu nove pontos. Marinho e Pinto, que roubou votos ao PS nas europeias, só merece, para já, um valor residual de 1,1%, com a formação do novo Partido Democrático Republicano.

Sem comentários:

Enviar um comentário