domingo, 25 de maio de 2014

Tomei "CAFÉ COM BICHOS" na mesa do Ricardo Bordalo, Liliana Rodrigues e Rosário Pinheiro

Hoje, à tarde, ali para os lados da sé de Viseu, numa daquelas ruas teimosas, em que o granito não cede às relvas aparadas e às tulipas mecânicas, fui tomar um café. Um café "avariado" com bichos (porco-espinho, lagartixa, lesma negra, porco, pinguim...). Um "CAFÉ COM BICHOS", com os bichos que o Ricardo Bordalo, na sua prosa crua, concebeu e descreveu e a que a Liliana Rodrigues e a Rosário Pinheiro, com os seus traços firmes, deram forma, deram corpo.
Trata-se de um livro. Melhor, dois livros abraçados por um "cordão umbilical", um elástico, não sei se para significar a flexibilidade que para aí anda e às vezes tresanda de tanto esticar, se para permitir elasticidade criativa às ilustradoras... Seja como for, gostei da inovação!
Uma palavra também para o design do Nuno Rodrigues!
Saboreiem um naco da lesma negra:
«... uma revolução é isto. tu estás convencido que fui eu que cresci para chegar ao teu tamanho... mas não, foste tu e todo o café que diminuíram. eu estou na mesma. (...) numa revolução és levado a concluir que tudo à tua volta se transforma, mas, na verdade, não. e quando pensas que conseguiste... és esmagado pela realidade. sempre.»
Parabéns pelo arrojo! E já agora pelo vinho (inteiro) do Teixeira!

Sem comentários:

Enviar um comentário