quinta-feira, 10 de abril de 2014

PS quer debater a indisciplina nas escolas

O grupo parlamentar do PS entregou um requerimento na comissão de educação, ciência e cultura da Assembleia da República com a finalidade da criação de um grupo de trabalho que possa debater a indisciplina nas escolas e estabelecer políticas educativas dissuasoras desses comportamentos em contexto educativo.
Espera-se que o mesmo mereça a aprovação de todos os grupos parlamentares.
Eis o teor do requerimento apresentado:
«A temática da indisciplina nas escolas é um assunto recorrente na comunidade educativa e na sociedade em geral,  recentemente, ganhou  acentuado relevo com a publicitação de um estudo que alerta para esta problemática no ensino básico.
Com efeito, de acordo com os resultados preliminares do estudo “indisciplina em sala de aula no ensino básico”, desenvolvido pela Universidade do Minho, cerca de 85% dos professores inquiridos alertam para o acréscimo de indisciplina nos últimos cinco anos, sendo certo que apenas 2,5% verificam uma evolução positiva.
As causas para a instabilidade na sala de aula são muito diversas e decorrem de um sem número de motivações externas e internas à escola, pelo que se torna imprescindível, em colaboração com todos os parceiros, implementar politicas publicas que ajam sobre as origens do problema.
Assim, é importante reforçar o debate, contando com a colaboração de especialistas e profissionais na  definição das estratégias, na avaliação da eficácia da legislação existente e das medidas a empreender em prol do regular funcionamento das escolas.
Nestes termos, face à importância da matéria e à necessidade de estabelecer políticas educativas coerentes com as reais necessidades, os deputados do Grupo Parlamentar do Partido Socialista requerem a V. Exa. a criação de um Grupo de Trabalho que promova uma reflexão e um debate alargado sobre a problemática da indisciplina nas escolas.»

Sem comentários:

Enviar um comentário