quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Viseu: José Junqueiro apresentou candidatos à câmara e assembleia municipal

Em 5 de agosto, à noite, apesar do período de férias, cerca de 600 pessoas estiveram presentes no ExpoCenter para assistirem à apresentação pública das listas à câmara e assembleia municipais, bem como dos Mandatários da Candidatura e da Juventude.
A presidente da concelhia abriu os trabalhos, fazendo uma saudação e lendo uma mensagem do Secretário-Geral, António Seguro.
Guilherme Gomes, mandatário da Juventude, dirigiu-se aos presentes numa intervenção muito bem recebida e saudada. Lembrou os muitos talentos que vivem na "Pólis", como gosta de lhe chamar, exteriorizou o seu desejo de uma cidade mais viva, mais intensa, mais feliz e reivindicou para os jovens um espaço onde, simplesmente, eles possam "ser" e fazer "acontecer".
Ribeiro de Carvalho, cabeça de lista à assembleia municipal, depois da apresentação da lista, falou sobre o futuro e as escolhas, sublinhando que nos últimos 20 anos Viseu apenas teve duas personalidades, o atual presidente de câmara, que agora termina a sua função,  e José Junqueiro que, por isso mesmo, é neste momento o o centro da mudança.
José Junqueiro apresentou a lista à câmara, lendo os currículos dos seus membros e convidando-os, um a um, a subirem ao palco. Justificou  as escolhas que, globalmente, respondem às suas preocupações:emprego e desenvolvimento social.
Saudou os Mandatários e fez um forte apelo aos candidatos às Juntas dizendo que a vitória em cada uma delas é tão importante e decisiva como a vitória na câmara ou na assembleia municipal.
Referiu que esta é uma escolha entre pessoas, mais do que entre partidos e, nesse contexto, criticou o seu principal adversário político por se ter refugiado em silêncios, no que respeita às falhas que agora aponta ao Presidente cessante, e por ter dois discursos, sempre, um em Lisboa e outro em Viseu, um no governo e outro como candidato.

José Junqueiro exemplificou com precisão e fez notar, por exemplo, a desistência da auto-estrada de ligação Viseu-Coimbra que pretende substituir por uma via com "dignidade", com faixas de lentos, à imagem do antigo IP5 de tão triste memória.
(in: josejunqueiro2013viseu.blogspot.pt)

Sem comentários:

Enviar um comentário