sábado, 1 de junho de 2013

Libertar Portugal da austeridade, sob a égide de Mário Soares, na aula magna

A conferência "libertar Portugal da austeridade" que foi levada a cabo no dia 30 de maio, encheu a aula magna de Lisboa, de pessoas dos mais variados quadrantes políticos e partidários, particularmente da esquerda.
Promovida sob a égide de Mário Soares, mas tendo igualmente como promotores os líderes da CGTP, Arménio Carlos, e da UGT, Carlos Silva, o professor universitário Boaventura Sousa Santos, Pilar del Rio, presidente da Fundação José Saramago, Manuel Alegre, José Pacheco Pereira, Alberto Costa e Vítor Ramalho,  nesta conferência intervieram diversas personalidades de esquerda. O próprio Mário Soares, Maria do Rosário Gama, e personalidades das áreas do PCP, do BE e do PS, neste caso, o deputado Ramos Preto, tendo o encerramento ficado por conta do reitor da universidade de Lisboa, Sampaio da Nóvoa.
A fechar este conclave, a "Grândola vila morena", a uma só voz e sem enganos (!), simbolizou o que está em causa hoje em Portugal: lutar contra um governo incompetente e contra um presidente que o apoia!
Dos deputados do PS registámos a presença de Ferro Rodrigues, Pedro Silva Pereira, Acácio Pinto, Elza Pais, Rui Santos, Gabriela Canavilhas, Ramos Preto, Ana Catarina Mendes, Eduardo Cabrita, Ana Paula Vitorino, Pedro Nuno Santos, Sérgio Sousa Pinto, Alberto Costa, João Galamba, Duarte Cordeiro e Eurídice Pereira.

Sem comentários:

Enviar um comentário