terça-feira, 4 de junho de 2013

Conferência de imprensa dos deputados do PS sobre políticas sociais e emprego


Ecos da conferência de imprensa dos deputados do PS, José Junqueiro e Acácio Pinto, efetuada no dia 03 de junho na sede do PS em Viseu:

JORNAL DO CENTRO:
«No mesmo dia em que António José Seguro convidou todos os partidos com assento parlamentar para reuniões de alto nível a ter lugar esta semana e que procuram um novo diálogo político e social centrado no emprego e no crescimento, os deputados do círculo eleitoral de Viseu, enquadrados nesta iniciativa nacional do Partido Socialista (PS), realizaram uma visita à I.P.S.S. de Silgueiros para conhecer melhor as suas valências sociais.
Depois daquela que consideram ser “uma aposta muito forte dos governos socialistas e onde foi implementada e desenvolvida uma rede muito forte de equipamentos sociais no interior do distrito e, particularmente, no concelho de Viseu”, aliada a “outras medidas assumidas na altura como, por exemplo, o complemento solidário para idosos que vieram trazer uma nova dinâmica” constata-se hoje que as mesmas “estão em risco”, disse José Junqueiro.
“Quando tudo aquilo que os governos socialistas construíram foi suspenso, quando o complemento solidário para idosos de todas as pessoas que estão na instituição foi cortado, unilateralmente e sem aviso prévio por este governo, quando a instituição de 35 lugares contratualizados passou para 47 sem a Segurança Social apoiar esse excedente, o governo”, disse o deputado José Junqueiro, “deu um golpe quase mortal nestas instituições de solidariedade social”, que pode conduzir “no curto prazo, ao despejo dos idosos das residências e dos lares”.
O candidato ao município de Viseu manifestou ainda a sua enorme preocupação com a questão do desemprego no distrito que, depois de 22 meses de governação do Partido Social Democrata (PSD), “regista um aumento de 39% no número de desempregados, 51% dos quais são jovens até aos 35 anos e um crescimento de 100% nos licenciados” não entendendo como Almeida Henriques, candidato do PSD a Viseu, “que não serviu para governar um país, pensa ter credibilidade para fazer diferente num concelho ou em qualquer outro sítio onde lhe venham a ser confiados outros cargos de decisão”.
Nesta iniciativa do Partido Socialista onde esteve também presente Acácio Pinto, que detalhou melhor os números do desemprego no concelho e caracterizou o seu crescimento galopante até Abril de 2013, faltou apenas Elza Pais que se encontrava em missão oficial da Assembleia da República.»

DIÁRIO DE VISEU (2013.06.04):
«Acácio Pinto e José Junqueiro, deputados na Assembleia da República eleitos pelo círculo eleitoral de Viseu, acusaram ontem o Governo de ter cortado “tudo o que os governos socialistas proporcionaram” a instituições de solidariedade social. Tomando como exemplo uma instituição particular de solidariedade social de Silgueiros (Viseu) – que visitaram – os deputados constataram que a instituição já tem 47 utentes, sendo que só 35 têm protocolo com a Segurança Social.
O complemento solidário para idosos foi cortado a todas as pessoas da instituição, bem como o complemento para a dependência”, destacou José Junqueiro em conferência de Imprensa.
O também candidato do PS à Câmara de Viseu lembrou que “durante os governos socialistas” foi implementada “uma rede muito forte de equipamentos sociais de modo a poder dar as respostas que os mais desfavorecidos precisavam “Contudo”, quando o governo decidiu cortar os subsídios àqueles que estão mais dependentes, fez um golpe quase mortal a estas instituições de solidariedade social, porque não houve nenhuma compensação”.
Retirando aquilo que era uma componente essencial para a dignidade das pessoas, o Governo está a imputar às famílias a obrigatoriedade de suportar estas despesas sociais” alertou José Junqueiro.
A agravar esta situação está o desemprego que, em Viseu, segundo dados dos socialistas, tem aumentado nos últimos dois anos, à semelhança do que acontece no resto do país.
Nestes últimos 22 meses o Concelho de Viseu registou um aumento de 39% de desempregados inscritos no Centro de Emprego, dos quais 51% são jovens abaixo dos 35 anos” salientou o deputado.
Acácio Pinto afirmou que “não há nenhuma família que não tenha pelo menos um desempregado ou mais” e adiantou que os desempregados jovens do distrito aumentaram "51% durante a governação PSD”. Temos um quadro social a que é urgente dar resposta e, como se vê, as políticas de austeridade não conseguiram resolver o problema" concluiu Acácio Pinto.
Feitas as contas, em dois anos (dados de Abril deste ano) o desemprego no distrito de Viseu “aumentou 49,43% registando-se "25.630 inscritos nos Centros de Desemprego em Abril de 2013”.
(...) A visita á instituição de Silgueiros insere-se numa iniciativa nacional do PS dedicada às políticas sociais e ao emprego.»

Rádio VFM:
«O desemprego no distrito de Viseu aumentou 50% nos últimos dois anos. Números revelados pelos deputados socialistas no dia me que o PS lançou uma iniciativa nacional dedicada às políticas sociais e ao emprego.
Também o desemprego jovem cresceu 80% nos últimos dois anos na região. Só em Abril estavam inscritos nos Centros de Emprego do distrito mais de 25 mil e 600 pessoas, avançou o deputado socialista Acácio Pinto.
Para os deputados do PS eleitos por Viseu esta situação deve-se às políticas aplicadas pelo governo ao longo dos últimos dois anos.
VFM Informação

2013.06.04»


Sem comentários:

Enviar um comentário