sexta-feira, 3 de maio de 2013

Deputados do PS reuniram na AR com presidente do CCISP (conselho coordenador dos institutos superiores politécnicos)


José Junqueiro, em representação dos seus colegas deputados Acácio Pinto e Elza Pais, reuniu hoje, na Assembleia da República, com o Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos (CCISP), presidido pelo professor doutor Joaquim Mourato.
Foi discutido o projeto de resolução 688/XII, da autoria do PSD e do CDS, por "encomenda" do Governo, estando presentes os colegas socialistas dos distritos do interior.
Os deputados do PSD e do CDS, do círculo eleitoral de Viseu, um deles já conhecido como candidato à autarquia, não se demarcaram desta iniciativa e, assim, pelo silêncio, são cúmplices de uma tentativa para diminuir o ensino superior politécnico e decapitar, no caso vertente, as capacidades do IPV, atitude que configura uma insuportável falta de lealdade para com os eleitores.
Há, entre nós, mais de 6 mil alunos, 55% dos quais de Viseu, e 44% destes são licenciados que voltaram à escola para realizarem os seus mestrados. Se, como o governo pretende, forem tiradas ao IPV as pós graduações, tal significará uma diminuição da oferta da formação ao longo da vida e colocará os viseenses a 100 quilómetros da universidade mais próxima. Diminuirá o número de alunos e as oportunidades à economia local e familiar.
Este será mais um duro golpe contra o país em geral e, em particular, contra o interior e contra Viseu. Já nos bastava o que o ministério da Economia fez a toda a região, retirando-lhe todos os benefícios fiscais, carregando nos impostos e aumentando para o máximo os fatores de produção, nomeadamente na luz e no gás.
José Junqueiro deu conhecimento ao Conselho Coordenador e ao seu Presidente, que a AIRV se opõe a esta proposta do governo, dando nota de que o GPPS votará contra a iniciativa e, sobretudo, contra a iniquidade dos deputados do PSD e do CDS do círculo de Viseu.

Sem comentários:

Enviar um comentário