quarta-feira, 17 de abril de 2013

FENPROF foi recebida pelo PS, na sua sede nacional, no largo do Rato


O PS recebeu no dia 16 de abril, pelas 16 horas, na sua sede, no largo do Rato, a FENPROF a pedido desta.
Pelo PS estiveram presentes a secretária nacional Susana Amador, o deputado da comissão de educação Acácio Pinto e João Quintas, sendo a delegação da FENPROF constituída pelo secretário-geral, Mário Nogueira e por representantes de todos os sindicatos associados do continente, Madeira e Açores.
Nesta reunião, a FENPROF apresentou aquelas que são as suas principais preocupações no que concerne ao atual estado da educação e ainda avançaram com algumas das suas propostas com vista a uma alteração política para o setor que, através deste governo, tem sido alvo de profundos cortes orçamentais e de graves constrangimentos no seu regular funcionamento.
Do ponto de vista do PS o momento é sensível e particularmente crítico pois sobre o profundo ataque que tem vindo a ser desferido por este governo sobre o serviço público de educação, nas mais diversas vertentes, ainda se quer agora aprofundar mais este ataque e assim colocar em causa os ganhos que obtivemos a nível internacional na última década, como revelam os estudos internacionais, e transformar a escola pública numa escola pobre para pobres e numa plataforma de reprodução das desigualdades sociais.
Instabilidade é a palavra que hoje traduz de forma mais evidente o que atravessa todos os agentes educacionais quando, afinal, todos não seríamos demais para dar respostas efetivas no combate ao abandono escolar e para a qualificação dos portugueses.
A FENPROF, no final, entregou um dossier com as suas principais propostas e tomadas de posição.
(Foto: FENPROF)

Sem comentários:

Enviar um comentário