quinta-feira, 14 de março de 2013

José Morgado apresentou a sua recandidatura à câmara de Vila Nova de Paiva, pelo PS

José Morgado, presidente da câmara municipal de Vila Nova de Paiva, eleito nas listas do PS, apresentou no dia 13 de março a sua recandidatura à autarquia paivense com o intuito, nas palavras do próprio que aqui se destacam, "de defender o seu concelho e as suas gentes com a razão e com o coração", ele, que conhece a sua terra em pormenor, ele, que palmilha e palmilhou o seu território desde sempre, ele, nado e criado nas terras do Paiva.
Presentes nesta iniciativa de apresentação pública, através da comunicação social, que decorreu na estalagem Mira Paiva, os presidentes da concelhia e da federação do PS, respetivamente César Fonseca e João Azevedo e ainda o coordenador autárquico da federação, António Borges e o deputado à assembleia da república e membro da federação, Acácio Pinto. Também marcaram a sua presença os autarcas do concelho, Paulo Marques, presidente da assembleia municipal, a vereadora do PS, Delfina Gomes, os presidentes de junta socialistas e os primeiros candidatos às freguesias, bem assim como os presidentes da câmara e da assembleia de Moimenta da Beira, José Eduardo Ferreira e Alcides Sarmento, o presidente de Vila Nova de Paiva entre 1998 e 2005, Diogo Pires,  o coordenador da JS, Mário Morgado, o presidente da concelhia de Mangualde, Marco Almeida, entre outros de que destaco a esposa do candidato, Ana Morgado.
Nas suas intervenções, César Fonseca, João Azevedo, António Borges e Acácio Pinto, enalteceram, em José Morgado, a entrega à causa pública, a proximidade com os seus concidadãos, a capacidade de trabalho e a inequívoca vontade de defender o seu concelho e o interior que tanto tem vindo a ser atacado nestes últimos dois anos pelo governo.
Ficou ainda evidenciado o surto de desenvolvimento estruturante que aconteceu em Vila Nova de Paiva entre 1998 e 2005, com Diogo Pires e que regressou em 2009 com o PS e com José Morgado, estando à vista o trabalho desenvolvido, nas vertentes social, ambiental, das acessibilidades, do ordenamento e do urbanismo, educação, desporto, cultura e na dinamização da economia local.


Sem comentários:

Enviar um comentário