terça-feira, 23 de outubro de 2012

Deputados do PS reuniram com empresários do distrito

Os deputdaos do PS eleitos pelo círculo eleitoral de Viseu reuniram recentemente, nos dia 8 e 22 de outubro, com empresários do distrito de Viseu, de vários setores, por solicitação destes.

FARMÁCIAS
Uma delegação da Associação Nacional de Farmácias, de Viseu, apresentou aos deputados do PS os seus pontos de vista relativamente ao estrangulamento económico e financeiro que estão a atravessar as farmácias portuguesas, com muitas já em insolvência.
A delegação a ANF entregou aos deputados dois estudos inequívocos nesta matéria e que apontam para um situação que só pode ser de encerramento de muitas unidades. E isto, sendo o desmantelamento da rede de farmácias, terá um profundo impacto no país, acrescendo aos custos em saúde que daí decorrerão para a nossa população, a um aumento do desemprego, a um maior despovoamento das zonas do interior e à redução no acesso aos cuidados de Saúde e ao medicamento. Acrescentaram que as farmácias estão a funcionar com margens negativas, o que torna insustentável a manutenção dos níveis de assistência farmacêutica à população.
Os deputados do PS comprometeram-se a questionar o governo sobre esta matéria e a acompanhar os problemas apresentados em articulação com os deputados do PS na comissão de saúde, cuja coordenação é efetuada, a nível da direção parlamentar, pelo deputado José Junqueiro.

TAXISTAS
Uma delegação de taxistas do distrito de Viseu apresentou aos deputados do PS os seus os seus pontos de vista e as suas preocupações face às alterações que estarão em curso sobre a gestão do sistema de transporte de doentes, nomeadamente os doentes que necessitam de efetuar hemodiálise.
Acrescentaram que esta situação vem lançar um futuro negro sobre este setor de atividade e sobre estes profissionais, nomeadamente no interior e nos meios rurais, se se verificar o seu afastamento unilateral deste serviço por parte do ministério da saúde, com uma fundamentação que disseram desconhecer.
Face à situação apresentada os deputados do PS comprometeram-se, para um cabal esclarecimento da situação, a questionar o governo através do ministro da saúde para saber quais as alterações em curso na gestão do sistema de transporte de doentes e qual o âmbito e os termos das mesmas alterações. 

EMPRESÁRIOS DA RESTAURAÇÃO
Os deputados do PS reuniram com uma delegação de empresários da restauração que quiseram apresentar a sua indignação e revolta para com as medidas que este governo tem vindo a implementar, destacando-se a do aumento do IVA da restauração de 13 para 23%.
Estamos a falar de um setor relevante no contexto da economia portuguesa, com muitas micro e pequenas empresas geradoras de muitos postos de trabalho. Para além disso a restauração é muito sensível no âmbito do turismo, um dos setores estratégicos para Portugal face ao elevado número de pessoas que movimenta e às mais-valias que gera para as exportações portuguesas.
O problema deste setor, segundo os presentes, é só um: acabou a margem de lucro para os restaurantes. E acabou porque os empresários foram confrontados com o dilema insolúvel ou de refletir o aumento do IVA no consumidor, cada vez mais exaurido, ou absorver o aumento da sua margem de lucro. E o resultado para uma equação impossível em que o governo lançou os restaurantes é sempre o mesmo: insolvências e desemprego.
Os deputados do PS deixaram bem claro que desde sempre contestaram esta medida e irão voltar a fazê-lo na Assembleia da República. Inclusivamente deixaram o compromisso de que o PS voltará a apresentar propostas de redução do IVA da restauração para a taxa intermédia no âmbito do debate do Orçamento de Estado para 2013.

Os deputados do PS eleitos pelo círculo eleitoral de Viseu
José Junqueiro, Acácio Pinto, Elza Pais
2012-10-23


Sem comentários:

Enviar um comentário