quarta-feira, 27 de junho de 2012

Comunicado dos deputados do PS sobre a ambulância INEM de Vouzela


Relativamente ao comunicado emitido pela Direção e Comando dos Bombeiros Voluntários de Vouzela datado de 26 de junho de 2012 (VER AQUI), importa esclarecer o seguinte:
1. Os deputados do PS questionaram o Ministro da Saúde (AQUI) na sequência da anunciada desativação das ambulâncias INEM (Suporte Básico de Vida) de Mortágua e de Vouzela;
2. As perguntas colocadas e que aqui se reproduzem foram as seguintes:
« 1. Confirma a desativação das ambulâncias INEM, suporte básico de vida, de Mortágua e de Vouzela?
2. As autoridades locais – nomeadamente as municipais, de saúde e de proteção e socorro – foram ouvidas?
2. Como vai o Ministério da Saúde prestar apoio às populações abrangidas por estes dois meios de suporte básico de vida?
3. Tem o ministério em mãos algum estudo que preveja, com a desativação destas duas ambulâncias, a manutenção dos tempos de chegada dos meios de suporte básico de vida às pessoas que deles venham a necessitar?»
3. Reiteram-se as perguntas e é tão só esta a preocupação dos deputados do PS: Que às populações, no caso em apreço de Vouzela, não sejam reduzidos os meios de socorro, nem que o tempo de chegada desses meios incluídos nas ambulâncias de suporte básico de vida seja aumentado, pois a diferença entre viver e morrer depende, muitas vezes, da rapidez de chegada de meios junto da vítima;
4. Nunca quiseram nem querem os deputados do PS entrar em nenhuma polémica com os bombeiros de Vouzela, bem como com os de todo o distrito, que sempre mereceram e merecem a maior das considerações;
5. Aliás, uma das questões colocadas ao Ministro da Saúde, a segunda pergunta, ela própria questiona-o sobre a audição prévia das entidades locais de proteção e socorro, de saúde e municipais;
6. Nada mais do que o apoio eficaz às populações nos move e bem sabemos que sempre, quer o INEM, quer os bombeiros de Portugal, prestaram e prestam o melhor dos socorros com os meios que têm ao seu dispor;
7. Pelo exposto e porque consideramos que o que nos move é o mesmo e não outra qualquer matéria, consideramos ter ficado clara a posição dos deputados do PS sobre este assunto que aqui damos por encerrado.
2012-06-27
Os deputados do PS eleitos pelo Círculo Eleitoral de Viseu

Sem comentários:

Enviar um comentário