domingo, 13 de maio de 2012

para ti sasseti: o tempo chegou... antes do tempo!

bem sabemos da volatilidade da vida.
da vida que conhecemos.
sabemos também, muito bem, desse poder.
desse absoluto poder, doce e ácido, cru
que ordena o tempo e o acontecer.
que nos marca. que nos marca o compasso e o sustenido na pauta. na pauta do nosso tempo.
do tempo de nascer, de viver, de criar, de sorrir... e de morrer.
nem que seja antes do tempo... do tempo de morrer.
nem que tenha sido antes que tudo brotasse...
antes que esse imenso bojo de colcheias e de timbres tivesse parido todas as palavras e sons...
todos os ritmos e tons...
todas as sombras e luzes... todos os teus silêncios, todos...
marulhados e mergulhados nesse teu sonho de horizonte de mar azul... teu. tua fonte.

partiste, bernardo, porque o teu tempo chegou...
muito antes do tempo... o teu tempo chegou!
2012.05.13


Sem comentários:

Enviar um comentário