domingo, 1 de abril de 2012

Comissão Nacional do PS aprovou alterações aos estatutos

Participei no dia 31 de março na reunião da Comissão Nacional do PS que se realizou na Guarda e que tinha como um dos pontos da ordem de trabalhos a revisão dos estatutos. Aqui deixo a nota publicada no site do PS:
«A Comissão Nacional do PS aprovou hoje em votação final global a proposta de revisão dos estatutos, que obteve 91% de votos a favor e nenhum voto contra. O resultado foi anunciado pelo secretário nacional do PS para a Organização, Miguel Laranjeiro. Com estas alterações estatutárias o PS poderá escolher os seus candidatos a deputados e a presidentes de câmaras por eleições diretas por parte dos militantes. Por outro lado, os mandatos dos órgãos nacionais passam a ter a duração das legislaturas na Assembleia da República, tendo cada Secretario Geral que se sujeitar a congresso três meses após as eleições legislativas. "Estamos a fazer aqui aquilo que o PSD não fez no seu último congresso", disse António José Seguro. "Este resultado, que não registou qualquer voto contra, significa que o longo trabalho de seis meses que foi feito junto dos militantes teve aqui uma resultado muito significativo. Fica aprovada uma abertura do partido aos militantes, quer na escolha do primeiro candidato às autarquias, quer na escolha pelas federações dos candidatos a deputados", acentuou Miguel Laranjeiro. O PS "deu um passo em torno de participação cívica dos militantes, é um grande momento de abertura e que ficará na história da democracia portuguesa".»
(www.ps.pt)

Sem comentários:

Enviar um comentário