sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

OCDE pede ao Governo expansão do modelo Novas Oportunidades

«Numa altura em que o Governo PSD/CDS está a desmantelar a rede de centros Novas Oportunidades, a OCDE vem pedir o contrário.
No relatório "Going for Growth 2012", o estudo anual sobre as reformas estruturais necessárias ao crescimento, a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económicos (OCDE) recomenda ao atual Governo que "expanda mais a educação e a formação vocacional".
A organização dos países mais ricos do mundo sublinha o que já foi feito nos últimos anos como sendo boas práticas. O elogios vão, essencialmente, para o anterior Governo do PS: "As autoridades expandiram a educação e a formação vocacional de jovens e de adultos com menos qualificações (Novas Oportunidades)", exemplifica.
E continua: "Desde 2007, as autoridades introduziram reformas na educação terciária, entre as quais governança, diplomas e participação de adultos".
Estas recomendações surgem depois dos recentes anúncios de reestruturação das Novas Oportunidades feitos pelo Governo: entre eles surge o plano de encerrar cerca de 129 centros Novas Oportunidades (de 430 para um total de 301 a nível nacional).
De acordo com a Lusa, o Executivo disse que pretende redirecionar a rede das Novas Oportunidades e parte do seu financiamento para o ensino profissional, mantendo apenas alguns destes centros com as atuais funções e com financiamento limitado aos que tiverem melhores notas.»
(Foto / Texto: António Cotrim / Dinheiro Vivo)

Sem comentários:

Enviar um comentário