sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

PS debateu a revisão da estrutura curricular

O PS promoveu um debate, no largo do Rato, no dia 12 de janeiro, sobre a revisão da estrutura curricular, dinamizado pelo professores José Augusto Pacheco, da universidade do Minho, em que participaram muitos professores socialistas, nomeadamente da área metropolitana de Lisboa, bem como os deputados da comissão de educação.
No início desta iniciativa intervieram a secretária nacional para a educação, Susana Amador, que enquadrou esta iniciativa e disse que seria a primeira de outras que se seguiriram e o líder do grupo parlamentar do PS, Carlos Zorrinho, que deixou uma palavra para a importância do debate e do aprofundamento desta e de outras temáticas em interação entre o grupo parlamentar e os socialistas.
Da comissão de educação estiveram presentes os deputados Odete João, Rui Jorge Santos, Acácio Pinto, Carlos Enes, Pedro Delgado Alves e Elza Pais.
Se há evidências a retirar deste debate e da proposta que o ministério apresentou para discussão elas prendem-se com a pobreza do documento, a falta de fundamentação das opções, a mera aritmética de cargas horárias e o retrocesso ao back to basics. É também incompreensível a eliminação da formação cívica/cidadania, o desinvestimento nas TIC e a dispersão curricular que resulta, quando se apregoa o oposto. Há por outro lado que enfatizar a completa falta de senso por parte do ministro ao revogar por despacho de 23 de dezembro o currículo do ensino básico, com linguagem de um "aspereza" inabitual neste tipo de documentos e sem que, em alternativa, apresente um documento alternativo.

Sem comentários:

Enviar um comentário