segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

PS de Penalva promoveu almoço de ano novo nas Antas

O partido socialista de Penalva do Castelo, a cuja comissão política preside o Francisco Carvalho, promoveu no dia 15 de janeiro um almoço de ano novo na freguesia das Antas, que contou com a presença de mais de uma centena de socialistas de todo o concelho dentre os quais merecem especial destaque os autarcas socialistas - presidentes de junta, vereadores e membros da assembleia municipal e das assembleias de freguesia - mas também a coordenadora da JS, Marlene Lopes e muitos jovens socialistas.
Associaram-se ainda a este evento o presidente da federação de Viseu do PS, João Azevedo, o deputado Acácio Pinto, o chefe de gabinete do secretário geral, Miguel Ginestal, o presidente da concelhia de Mangualde do PS, Marco Almeida, entre outros que se quiseram associar a esta iniciativa e dar o seu impulso e apoio ao PS de Penalva, rumo a uma vitória à câmara, que se começa a desenvolver e consolidar junto das pessoas.
Intervieram durante o evento o presidente da junta de freguesia das Antas, Paulo Fonseca, a coordenadora da JS, Marlene Lopes, o deputado Acácio Pinto, o presidente da federação do PS, João Azevedo e o presidente da concelhia, Francisco Carvalho.
De registar o mail, ali lido, que o candidato à câmara, pelo MPT, nas últimas autárquicas, António Laires, enviou a declarar o seu apoio a Francisco Carvalho e ao PS na sua candidatura autárquica de 2013, facto que foi assinalado com uma grande salva de palmas pelos presentes.
Quanto às intervenções elas passaram, a nível local, por uma forte crítica à inação do atual executivo municipal e à sua falta de capacidade para dotar o concelho com um projeto de desenvolvimento e de criação de emprego e a nível nacional, pela denúncia da incompetência do governo para promover a economia, mas, tão só, fazendo aumentar impostos e criando austeridade. Foi igualmente dada nota das mais recentes e escandalosas nomeações de figuras ligadas ao PSD e ao CDS para a EDP, Águas de Portugal e tantos outros organismos, numa clara violação dos compromissos assumidos pelo primeiro ministro durante a campanha eleitoral e tendo já, segundo contas do jornal Público, neste momento, efetuado mais nomeações do que o primeiro governo de José Sócrates.
Ficou, pois, no ar uma forte esperança de uma vitória do PS nas eleições autárquicas no concelho e uma determinada atuação do PS no sentido de criar uma alternativa que promova a economia e devolva a esperança aos portugueses.
(Fotos: Fernando Beja Correia)

Sem comentários:

Enviar um comentário