domingo, 8 de janeiro de 2012

Júlio Magalhães encantou, na apresentação do livro "Intimidades traídas"

Decorreu no dia 7 de janeiro em Viseu, na livraria Bertrand do Palácio do Gelo o lançamento do livro "Intimidades traídas", que contou com a presença de Júlio Magalhães, que o prefaciou e agora apresentou de forma superior.
Com uma intervenção incisiva, sobre o conteúdo do livro, Júlio Magalhães não se eximiu em apontar aquela que foi a sua leitura e de a deixar, bem vincada, aos presentes. Assim o fez, de uma forma solta, mas muito assertiva e não poupando nas palavras. Falou numa torrente de emoções e numa escrita pontuada por elementos do quotidiano em que nos movemos. Dizendo, mesmo, que é urgente voltar a olhar à nossa volta, olhar para as pessoas e para os seus problemas, sem os filtros com que muitas vezes somos confrontados.
As pessoas, que acorreram em grande número a esta iniciativa, ouviram e escutaram, atentamente, as palavras de Júlio Magalhães, jornalista de mérito reconhecido, escritor com vasta obra publicada e, no caso, também, como leitor de uma obra que agora chega aos escaparates e a que ele vai ficar, indelevelmente, associado.
Antes dele interveio a Teresa Adão, da editora e a finalizar este evento intervim para agradecer aos que ficam associados ao livro - Júlio Magalhães que o prefaciou, Gabriela Canavilhas, Paulo Neto e Ana Pinto, que o leram e comentaram antes de ser editado, às Edições Esgotadas que o publicaram e à Bertrand que acolheu o evento. Igualmente, nesta intervenção final, partilhei com os presentes um texto alusivo ao livro e aos temas que lhe dão corpo.
(Fotos: Vítor Gomes, José Junqueiro)

Sem comentários:

Enviar um comentário