segunda-feira, 26 de setembro de 2011

PS requereu a audição urgente do Ministro da Educação no Parlamento

Os deputados do PS na Comissão de educação, ciência e cultura requereram a audição urgente, na Comissão, do Ministro da educação e ciência, Nuno Crato, a fim de serem definitivamente esclarecidas todas as dúvidas e atropelos de que foram alvo as colocações de professores e que estão a gerar uma enorme instabilidade nas escolas e nos candidatos ao concurso.
O que está em causa é, objectivamente, a precarização dos contratos de trabalho e a instabilidade docente que, este ano, depois de alterações na plataforma informática de concurso, tornam todos os horários como mensais, mesmo que os mesmos o sejam para todo o ano (até 31 de agosto de 2012), como sejam os casos de aposentações de docentes ou aumento de turmas.
Para além disso estamos também confrontados, neste início de ano lectivo, com problemas a nível de cursos profissionais e de educação formação que não têm autorização de funcionamento de de financiamento.
É para esclarecer de uma vez por todas, nomeadamente, estas temáticas que amanhã o requerimento do PS será debatido e votado na Comissão esperando-se que o mesmo seja aprovado.

Sem comentários:

Enviar um comentário