domingo, 14 de agosto de 2011

metamorfose (ou os extremos tocam-se?)


na água, no deserto
a mesma beleza

sempre escassa
fugidia

metamorfose
noite, dia

Sem comentários:

Enviar um comentário