segunda-feira, 6 de junho de 2011

Três palavras: parabéns, orgulho, tributo

Sim, uma primeira palavra de parabéns para o PSD e para Pedro Passos Coelho. Obtiveram a vitória. Desejo-lhes um bom trabalho. Ganhará Portugal.
Mas uma palavra muito especial de orgulho em JOSÉ SÓCRATES: pelo trabalho desenvolvido nos últimos anos; pelo empenhamento pessoal que sempre colocou naquilo que fez; pela intervenção efectuada aos portugueses na noite eleitoral; e, ainda, pela tranquilidade, serena, com que parte para a condição de militante de base deixando a porta bem aberta para o surgimento de uma nova liderança.
Um exemplo para o futuro. A história escrever-se-á.
Uma terceira palavra de tributo. Tributo para todos aqueles que no distrito de Viseu, militantes e simpatizantes, das estruturas formais e informais, apoiaram o PS e a sua candidatura. Todos aqueles que acreditaram que o PS seria o partido que melhor operacionalizaria a ultrapassagem destes tempos difíceis.
As provas de amizade e de empenhamento na vitória do PS foram muitas. Em todos os concelhos. Em todos os inúmeros locais percorridos e em todas as acções efectuadas ouvimos palavras coincidentes com os nossos pontos de vista e que entendiam que o PS estava no caminho certo. Porém, não foi essa a vontade da maioria dos nossos concidadãos no distrito de Viseu e a nível nacional. O máximo respeito por tal, legítima e legitimadora, decisão.
Quanto ao PS, cá está e continuará no mesmo lugar de sempre: na defesa de Portugal e dos portugueses e sempre fiel e intransigente para com os seus valores fundacionais: liberdade, justiça social e igualdade de oportunidades.
E para onde deve olhar o PS? Só pode olhar para o futuro. Para uma oposição construtiva. Uma oposição centrada nas ideias, nas políticas e não nos tacticismos de poder.
Um partido aberto ao diálogo, à interacção, com uma metodologia rigorosa e credível na análise e nas políticas e assertividade nas propostas concretas.
Aqui ficam, pois, novamente, as três palavras:
i) Parabéns ao PSD e a Passos Coelho pela vitória;
ii) Muito orgulho em José Sócrates e no trabalho desenvolvido;
iii) Um tributo a todos quantos acreditaram e apoiaram o PS.

Sem comentários:

Enviar um comentário