quarta-feira, 25 de maio de 2011

CNO do IEFP de Viseu certificou 2820 pessoas

Os candidatos do Partido Socialista pelo Distrito de Viseu no âmbito das eleições legislativas de 5 de Junho visitaram esta tarde (25 Maio) o Centro Novas Oportunidades (CNO) do Centro de Formação Profissional de Viseu, no Parque Industrial de Coimbrões. Nesta visita, além do cabeça-de-lista, José Junqueiro, estiveram presentes os candidatos do PS Acácio Pinto, Elza Pais, Miguel Ginestal e Fernanda Sobral, a Presidente da Comissão Política Concelhia do PS Viseu, Lúcia Silva, e o Director do CNO, Miguel Gomes. Com esta iniciativa, foi possível perceber a razão do sucesso da Iniciativa Novas Oportunidades, bem como o impacto significativo que a certificação de competências pode ter na vida dos cidadãos que frequentam estas acções. Este é mais um projecto grandioso dos governos de José Sócrates, que sempre apontou o caminho da qualificação como um meio para uma maior qualidade de vida da população portuguesa, pondo finalmente em marcha uma medida para atenuar a diferença face à média europeia.
Tendo recentemente completado cinco anos de actividade, iniciada em Fevereiro de 2006, o CNO do Centro de Formação Profissional de Viseu representa um caso de grande sucesso, à imagem, aliás, da própria iniciativa: 7481 inscritos e 2628 certificados. Só nos primeiros quatro meses deste ano (segundo dados referentes a 30 de Abril), inscreveram-se neste CNO 840 formandos adultos, dos quais 265 entraram em processo de certificação e 192 foram já certificados. Neste centro são desenvolvidos processos de RVCC – Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências escolares de nível básico (4º, 6º ano e 9º ano) e secundário, e também processos de RVCC profissional, tendo entrado em funcionamento, desde 2006, as áreas profissionais de Serralharia Civil, em 2006, de Electricidade e Instalações, em 2008, e de Serviço de Mesa, Acompanhante de Criança e Técnico de Acção Educativa, em 2010. Ainda durante este ano deverá arrancar a saída profissional de Agente de Geriatria.

Sem comentários:

Enviar um comentário