quinta-feira, 28 de abril de 2011

Mais 60 postos de trabalho para a PSA / CITROEN, em Mangualde

Comunicado da Federação de Viseu do PS e dos candidatos a deputados:
A Federação de Viseu do Partido Socialista e os candidatos do PS às próximas eleições legislativas face às notícias divulgadas sobre a criação de mais 60 postos de trabalho na PSA/CITROEN de Mangualde não podem deixar de se congratular e de, mais uma vez, enfatizar a relevância, para este desfecho, do trabalho do Governo, com o envolvimento directo de José Junqueiro, da AICEP, com o envolvimento directo de Basílio Horta e da Câmara Municipal de Mangualde, com o envolvimento directo de João Azevedo.
Fica, assim, bem claro de que o trabalho em parceria e a ousadia de quem não se resigna traz bons frutos, como neste caso, com a criação de 300 postos de trabalho no ano de 2010 e agora mais 60, para além de um forte contributo que a empresa tem dado no sector da economia e na exportação, pois nos dois primeiros meses de 2011 aumentou a produção em 50% comparativamente com 2010.
Merece, ainda, destaque o aumento da cadeia de valor acrescentado nacional no processo produtivo o que vem dar mais consistência e reforçar no tempo a actual situação da empresa.
Este é mais um bom exemplo que merece o orgulho do PS e de que as gentes de Mangualde e da região se orgulham pelo acréscimo de riqueza que trazem para os nossos territórios do interior.
Mas importa também dizer aqui e agora que neste processo, nunca a oposição, nomeadamente o PSD, se envolveu, ou quando o fez foi para criticar e para destruir, como se viu com os ataques desferidos às parcerias entre a administração central e a Câmara Municipal de Mangualde, parcerias que, afinal, mais não visavam do que encontrar as respostas concretas para que a fábrica se expandisse e pudesse traduzir esse seu crescimento em mais emprego e mais exportação como está a acontecer.
Deixamos um desafio ao PSD: que se penitencie e, por uma vez que seja, saúde esta boa notícia para os cidadãos de Mangualde, do Distrito de Viseu e de Portugal.

Sem comentários:

Enviar um comentário