terça-feira, 22 de março de 2011

Sampaio apela a agentes políticos para irem "além do possível"

Lusa/Dn.pt
O ex-Presidente da República Jorge Sampaio exortou hoje os "agentes políticos" nacionais a irem "além do possível" para impedirem que o debate parlamentar sobre o PEC precipite o país "numa situação de total imprevisibilidade".
Em declarações à agência Lusa, Jorge Sampaio sublinhou que o momento é de "emergência nacional".
"Tenho acompanhado o desenrolar da situação em Portugal com imensa preocupação e a maior atenção possível e, na véspera de um debate parlamentar sério, complexo e grave, queria exortar os agentes políticos a irem além do que é possível neste grave momento, que considero de emergência nacional, nas vésperas de um Conselho Europeu que pode ser fundamental para nós, deixemos quaisquer agravos recentes ou anteriores para regular a seguir", disse.
Nos Emirados Árabes Unidos, onde se encontra ao serviço das Nações Unidas, o ex-chefe de Estado aludiu ao debate de quarta-feira na Assembleia da República sobre a última versão do PEC.
"O debate de amanhã não pode precipitar o país, em meu modesto entender, numa situação de total imprevisibilidade sobre a reacção que pode afectar por parte das finanças internacionais os mercados como agora se diz, o desenrolar das nossas capacidades de financiamento, a gravidade que pode representar para todos o estancamento da capacidade de financiamento para a nossa economia", referiu.
No entender de Jorge Sampaio, todos têm a responsabilidade de "dar uma impressão de capacidade colectiva" e de "determinação colectiva", "num momento que é o mais dramático possível do ponto de vista financeiro".
(Foto: blog a carta a garcia)

Sem comentários:

Enviar um comentário