quinta-feira, 10 de março de 2011

(Opinião) Ainda a questão das portagens

Não deixa de ser curiosa a posição que alguns elementos do PSD têm vindo a tomar relativamente às portagens.
Como bem se sabe na sequência das negociações para aprovação do Orçamento de Estado para 2011, o PSD exigiu que se introduzissem portagens, pois os sociais-democratas eram favoráveis ao princípio do utilizador-pagador. O Governo e o PS eram contra, pois entendiam que enquanto não houvesse desenvolvimento socioeconómico dos territórios e não houvesse alternativas tal não deveria acontecer.
Conclusão, as portagens avançaram e irão acontecer a partir de meados de Abril, nas auto-estradas que atravessam Viseu, por imposição negocial do PSD. O que se espera agora é que esses elementos do PSD que se fartam de apresentar moções e mais moções e que tanto gostam de ter dois discursos, o alfacinha e o beirão, sejam consequentes com a exigência de falar verdade aos viseenses.
Eu, pela minha parte, tenho-o dito, sou contra, porém estarei na linha do compromisso assumido por respeito para com a negociação inter-partidária que permitiu a aprovação do Orçamento de Estado para 2011 e que votei na AR.
Seria mais cómodo assumir outro papel? Porventura, mas não o farei. O juízo, esse deixo-o para aqueles que sempre julgam os comportamentos em democracia: o povo.
(Foto: scut100portagens)

Sem comentários:

Enviar um comentário