segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Visita dos deputados do PS à Escola EB 2,3 Grão Vasco

A convite da Associação de Pais os deputados do PS, eleitos pelo Círculo Eleitoral de Viseu, Acácio Pinto, José Rui Cruz, Paulo Barradas e Helena Rebelo, deslocaram-se hoje, dia 14 de Fevereiro, à Escola Grão Vasco a fim de efectuarem uma visita para se inteirarem in loco do actual estado das instalações. Nesta visita os deputados fizeram-se acompanhar pelos vereadores do PS na Câmara Municipal de Viseu, João Cruz e Fernando Bexiga.
Recebidos pela Directora, Inês Campos, e pelo seu adjunto, Carlos Melo, e pela Presidente da Associação de Pais, Elvira Esteves, entre outros elementos da Associação, os deputados visitaram todos os espaços da Escola e nessa visita puderam constatar alguns problemas com que o edifício se confronta e que, pese embora todo o esforço e dedicação dos profissionais que ali trabalham, dificultam o processo de ensino-aprendizagem que diariamente ali é desenvolvido para os 1030 alunos que a frequentam.
Não sendo esta situação uma novidade para os deputados do PS, que vêm acompanhando este problema desde SETEMBRO do ano anterior, esta visita permitiu, porém, efectuar uma percepção muito mais aguda da situação e dos problemas a nível das instalações sanitárias para os alunos (escassas e degradadas), da caixilharia de madeira com vidro simples e muito envelhecida, da instalação eléctrica deficiente, de pavimentos partidos, da humidade nos tectos e paredes, da infiltração de água em algumas salas de aula, do piso do espaço exterior esburacado, das más condições dos espaços de lazer dos alunos, entre outras situações que se podem comprovar com as fotografias anexas.
Face a esta situação os deputados do PS irão solicitar uma audiência ao Secretário de Estado da Educação, com quem já reuniram em Setembro passado juntamente com a Directora, Inês Campos, para lhe exporem o presente quadro e para lhe renovarem o pedido da sua deslocação à Escola, já prevista há algum tempo, mas que por questões de agenda e de motivos emergentes ainda não se concretizou.
Se para as Escolas Secundárias existe um programa de requalificação, desenvolvido pela Parque Escolar, que já recuperou no concelho de Viseu as Escolas Alves Martins e a Emídio Navarro (investimento superior a 25 milhões de Euros) e que se prepara para intervir na Viriato, para as escolas básicas o programa que existe exige uma parceria com as autarquias locais para candidaturas aos fundos comunitários, programas que já estão a ser desenvolvidos em alguns concelhos do país.
Portanto, o que os deputados do PS esperam é que nenhuma instituição pública se coloque de fora e que, em conjunto, todos sejam capazes de construir uma solução que permita a recuperação profunda e estrutural da Escola Grão Vasco, cuja construção remonta aos finais dos anos 60 do século passado.

1 comentário:

  1. Parabéns pelo vosso empenho na resolução dos problemas da Educação no nosso Distrito.
    A avaliar pelas imagens, esta obra é urgente.
    Está de parabéns o nosso Governo que, apesar de todas as dificuldades financeiras, canalizou os seus esforços para este sector, tão importante para o desenvolvimento do País.

    ResponderEliminar