domingo, 27 de fevereiro de 2011

Jantar da JS e do PS de São Pedro do Sul

Mais de uma centena de militantes e simpatizantes do PS e muitos independentes, juntaram-se, nas Termas de S. Pedro do Sul, num jantar promovido pela JS e pelo PS locais, liderados, respectivamente pelo André Matias e pelo Daniel Martins.
Foi uma boa iniciativa dos socialistas de S.Pedro do Sul que assim demonstram todo o seu dinamismo e iniciativa política com a finalidade de ajudarem na prossecução dos objectivos do PS a nível nacional, distrital e concelhio.
As intervenções estiveram a cargo de André Matias, coordenador da JS local, de Acácio Pinto, deputado do PS, de António Borges, em representação da Federação de Viseu do PS e do seu presidente João Azevedo, e de Daniel Martins, Presidente da Comissão Política Concelhia de PS de S. Pedro do Sul.
A tónica das intervenções foi, a nível local, no sentido de demonstrar a falência das políticas autárquicas que têm vindo a ser desenvolvidas pelo executivo, a rejeição que os sociais democratas sampedrenses têm feito das propostas de modernização do concelho apresentadas pelos socialistas, mas também a responsabilidade do PS em apresentar um projecto vitorioso para 2013; e a nível nacional foi enfatizada a deriva liberal e de precarização do emprego e a instabilização que a direita tem vindo a lançar no país e nos mercados internacionais, pesem embora alguns bons indicadores económicos que têm vindo a público e a boa execução fiscal e orçamental deste início de ano de 2011.
Este caminho de irresponsabilidade política tem também vindo a ser trilhado pela esquerda, como foi o caso da recente moção de censura anunciada pelo BE na Assembleia da República e já condenada ao fracasso.
De destacar ainda a presença neste jantar de Miguel Ginestal, da Federação do PS, de Marco Almeida, Presidente da Concelhia de Mangualde, de Rafael Guimarães, Presidente da Federação Distrital da JS e de muitos autarcas da Câmara, entre os quais o candidato do PS à Câmara nas últimas eleições, José Carlos Almeida, muitos membros da Assembleia Municipal, mas também de muitos autarcas das diversas freguesias do concelho.
Mereceu um destaque especial a recente vitória do PS, com maioria absoluta, nas eleições intercalares realizadas em Figueiredo de Alva.

Sem comentários:

Enviar um comentário