quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Comunicado da Federação de Viseu do PS: Suspensão de distribuição de fruta aos alunos de Vouzela

A Federação de Viseu do Partido Socialista face às notícias hoje divulgadas, de que a Câmara Municipal de Vouzela suspendeu o fornecimento de fruta às crianças do seu concelho, com base em alegadas dívidas do Governo, não poderia deixar de efectuar as seguintes considerações:
1. Considerar, profundamente, lamentável que o Presidente da Câmara de Vouzela venha utilizar as crianças do seu concelho como arma de arremesso político e sobretudo partidário.
2. Questionar o Presidente da Câmara de Vouzela se é mais importante continuar a distribuir fruta aos alunos do seu concelho ou gastar milhares de euros em festas, em artistas e em almoços e jantares de eventos no seu concelho?
3. Pedir ao Presidente da Câmara de Vouzela para responder se o desequilíbrio financeiro estrutural do seu concelho tem a ver com o fornecimento de fruta aos jovens do seu município?
4. Solicitar ao Presidente da Câmara de Vouzela que esclareça os seus concidadãos e os portugueses qual o aumento da sua dívida a fornecedores, nos dois últimos anos, e se isso se deve à distribuição de fruta nas escolas do seu território?
5. Exortar o Presidente da Câmara de Vouzela a dizer, com clarividência, se a ultrapassagem dos limites de endividamento e se o contrato de saneamento financeiro que celebrou em 2008, de 7 milhões de euros, se deveram, também, ao programa de distribuição de fruta que começou há um ano atrás.
Finalmente, e não menos importante:
6. Aconselhamos o Presidente da Câmara de Vouzela a responder às questões colocadas pelo IFAP, no início de Novembro, cumprindo as formalidades que lhe são solicitadas, para poder ser ressarcido dos montantes em dívida apresentados. Qual a razão para esta cortina de fumo? Na política não vale tudo!!
Nota: Para percebermos exactamente todo o contexto aconselhamos os cidadãos de Vouzela e os portugueses em geral a visitarem http://www.portalautarquico.pt/portalautarquico/ e verificarem o desgoverno da Câmara de Vouzela.

Sem comentários:

Enviar um comentário