quarta-feira, 27 de outubro de 2010

(Opinião) O Congresso falou: João Azevedo!

O Congresso do PS que decorreu em Moimenta da Beira no passado sábado falou bem claro, aquilo que havia para falar.
Falou a várias vozes. Falou em vários tons. Aclamou a solo e em uníssono. Em suma, disse alto e em bom som que o PS do Distrito está unido e confia na nova e jovem liderança distrital, João Azevedo, que acredita nas gerações mais novas de que ele é tão bom intérprete e que o PS no seu todo, que o PS inteiro, reconhece o papel relevante e ímpar desenvolvido por José Junqueiro na última década e meia à frente dos destinos dos socialistas viseenses.
E disse mais, este Congresso. E disseram mais os congressistas presentes, os portadores do mandato conferido pelos seus pares de cada concelho: que o lugar de todos é no campo de jogo; que o trabalho tem que ser de equipa; que o PS tem que estar acima das derivas egocêntricas; que não há titulares eternos de lugares efémeros; que os únicos poderes admitidos são os legítimos e legitimados pelos seus pares; que a política só pode ser instrumento para servir o interesse geral.
E quando os tempos são difíceis, e quando as oposições são impossíveis, e quando as ameaças são constantes, valham-nos homens como João Azevedo e José Junqueiro que não viram a cara à luta e que enfrentam os problemas e confrontam os adversários políticos sem cálculos e sem tergiversações.
Parabéns João Azevedo!

Sem comentários:

Enviar um comentário