terça-feira, 18 de maio de 2010

Opinião: Inauguração do Lar de Sendim

Os tempos que vivemos são tempos difíceis. São tempos que exigem um exercício permanente de responsabilidade por parte de todos.
A Europa em geral e a zona Euro em particular está sob uma forte investida dos especuladores internacionais que tentam a todo o transe prosseguir a sua estratégia de isolamento de países para melhor os poderem atacar. É assim como o ataque dos predadores à manada quando tentam isolar um dos seus membros para mais facilmente o abaterem. A resposta tem que ser solidária e coesa.
É, pois, dever de todos, e acentue-se o passo positivo do PSD, compreender as medidas a que o Governo teve de deitar mão de forma a controlar as contas públicas.
Os sacrifícios que se pedem são disseminados por toda a sociedade, com exigência superior para quem mais rendimentos tem.
Mas vem isto a propósito da inauguração do Lar de Sendim (Tabuaço) que o Secretário de Estado José Junqueiro, inaugurou no dia 15 de Maio. E isto para que fique claro que este tipo de investimentos públicos de proximidade não estão postos em causa. São, aliás, cruciais para prosseguirmos o desenvolvimento dos territórios mais deprimidos e para dar respostas sociais de qualidade aos que mais precisam, como é o caso em análise, a que outros investimentos se seguirão.

Sem comentários:

Enviar um comentário